(11)

(11)

Botox para Tratamento da Espasticidade

As lesões do sistema nervoso central, como o traumatismo craniano, o acidente vascular cerebral, a paralisia cerebral e a esclerose múltipla, podem levar ao desenvolvimento da espasticidade, que é o aumento involuntário da atividade muscular e que causa um grande impacto na funcionalidade e na autonomia das pessoas com estas doenças neurológicas.

A realização do tratamento de reabilitação é extremamente importante para auxiliar no ganho funcional dos indivíduos com lesão do sistema nervoso central e o uso de Botox para tratamento da espasticidade pode ser útil em alguns casos.

A toxina botulínica, mais conhecida como Botox para tratamento da espasticidade, promove a redução do tônus muscular, provocando o relaxamento dos músculos submetidos à aplicação da toxina botulínica.

O planejamento da aplicação da toxina botulínica é passo fundamental para o sucesso do procedimento e engloba a avaliação de alguns aspectos: grau da espasticidade, músculos envolvidos, nível de comprometimento funcional, desempenho nas terapias, entre outros.

Médico com grande experiência no uso da toxina botulínica, o Dr. Sergio Akira Horita faz parte do corpo clínico do Hospital Israelita Albert Einstein e do Hospital São Luiz Itaim, e realiza seu atendimento no seu consultório localizado na Zona Sul de São Paulo.

.